sexta-feira, 13 de novembro de 2009

A ignorância humana e a natureza



Este blog não aceita e abomina o desmatamento ou o assassinato de árvores urbanas como este das fotos acima. Pelo contrário, nosso objetivo é incentivar mais e mais pessoas a criarem o hábito do plantio, seja em suas casas, seja nas varandas de seus apartamentos ou mesmo nas ruas, como esta foi plantada. Mas, infelizmente, assassinada. Triste imagem!

O lindo Fícus Figueira que já estava bem grandinho, foi colocado ali pelas mãos bondosas de sua dona, a Silvia, que achava que ele ficaria melhor num lugar onde pudesse expandir suas raízes, respirar melhor e ao mesmo tempo enfeitar e arborizar a frente do prédio onde mora na cidade de São Paulo. Tirou-o de sua sala e replantou-o na rua em frente ao seu prédio. Seu ato foi imediatamente seguido por outros moradores do condomínio que, com pensamento grande, visualizaram o bonito paisagismo que estariam criando para sua rua.

No entanto, na madrugada desta quarta-feira, logo após o apagão fatídico que também afetou toda aquela região, um ser humano obtuso e bêbado levou 4 árvores da calçada, arrebentou a calçada e parou na última antes do poste. Ela me contou por e-mail que as árvores salvaram uma vida, pois se elas não tivessem amortecido a velocidade do carro, o infeliz tinha entrado no poste.

Como podem notar a natureza está sempre trabalhando por nós e nem percebemos muitas vezes. Neste caso, ela e as outras três, deram suas vidas pela do ser humano imbecil. Coisas de ordem divina mesmo.

A Silvia, pessoa de bom coração e alma elevada, ficou muito triste e eu também quando vi aas fotos, afinal quando plantamos uma árvore e observamos seu crescimento, além de ficarmos orgulhosos, temos também uma estima quase maternal por ela. Infelizmente não deu para aproveitá-la, pois o jardineiro da prefeitura que lá esteve para retirá-las, disse que o estrago foi tão grande que arrancou até a raiz, esfacelou toda, assim não adiantava replantar, não brotaria mais.

Mas, ela não desiste e sabe que a vida continua, por isso vai plantar outra árvore no lugar daquela e dar continuidade ao processo que iniciou, arborizando, embelezando, ajudando a natureza e o próximo, seja com a sombra que ela trará ou mesmo dando sua vida em prol da vida humana como foi neste caso.

Conheçam mais sobre a Silvia através de seu excelente Blog Longevidade.



"Quando uma árvore é cortada,
ela renasce em outro lugar.
Quando eu morrer, quero ir para esse lugar,
onde as árvores vivem em paz."
TOM JOBIM


20 comentários:

Chica disse...

Que pena ter acontecido isso. E a natureza ainda foi boa com esse homem... Que bom que ela não vai parar por aí e muitas outras sementinhas dela virão...Desistir nunca! beijos,chica

Mimirabolante disse...

Muito triste este acontecimento......Concordo com vc .Acredito que qd plantamos nos tornamos responsáveis por seu crescimento e desenvolvimento.....Muito ignorante este sujeito.....covarde !!!!Vou visitar o blog da Silvia....bjcas......

Silvia Masc disse...

Beth, obrigada pela divulgação desse fato, amanhã, iremos ao CEASA comprar novas mudas para repor o estrago.
beijinho

Rose disse...

Amei este espaço! Parabéns!
Beijos,
Rose

Georgia disse...

Beth, que coisa mais absurda. A foto da árvore quebrada ao meio. Certamente ele teria morrido senao fosse a árvore.

Obrigada a Silvia por te enviar essas imagens e a você querida pelo post maravilhoso.

Beijos

Cláudia M. disse...

Fiquei feliz por conhecer este blog. Foi pena ter sido nesta altura de perda dessas árvores, mas agora o que há a fazer é tentar logo colocar outras lá crescendo no mesmo lugar. Infelizmente por essas já nada há a fazer.

Kálita disse...

Beth, me lembrei de quando meus pais cortavam as arvores onde me refugiava qdo criança...eu chorava até...
Hoje estou tao feliz de povoar meu quintalzinho...
Fico triste qdo vejo arvores sendo destruidas...
amo a natureza.
beijos

Lu Souza disse...

Ai que dó da árvorezinha. Ainda serviu para proteger este "ser". Eu também adoro arvores, plantas. Na saca do interior tem jabuticabeira, jaqueira, bananeira, abacateiro, mangueira, laranjeira e também estas bonitas que não dão frutos mas traz uma sombrinha gostosa, uma sensação de liberdade e contato com o que há de mais sagrado: a natureza!

Lúcia Soares disse...

O dó, heim, Beth? O "cerumano" é cada dia mais perverso e como se não bastasse fazer mal a si mesmo - certamente esse desgovernando devia estar alcoolizado - ainda faz mal à natureza. Pena que esse ato não tenha consequência nenhuma..Ele deveria ser penalizado com pelo menos a abrigação de repor a (s) árvore (s) que destruiu. Uma barbaridade! Enquanto houver impunidade, vão haver os vândalos por aí...
Bj e bom fim de semana!

ML disse...

A Beth mandou e eu vim até aqui verificar, e adorei!

Beth e Georgia:
Este post está tão bom, tão lindo, tão emocionante...
Fiquei (de verdade) com vontade de chorar quando vi a foto da mocinha.
e a poesia do jobum - eu amo este cara!

bjnhs, um ótimofinal de semana

Luma Rosa disse...

Quem tem amor pelas plantas, cuida! E é prazeiroso vê-las crescer. As árvores ainda nos dão sombra em dias de calor. Eu tenho um ficus plantado em vaso, um vaso enorme e faço um trabalho no caule, em que ele fica transado, um trabalho de anos. Esse ficus está comigo desde quando saí da casa da minha mãe, olha só! E para onde mudo, levo ele.
Muito triste o que este cidadão fez, pois ele deveria ser chamado à plantar o que destruiu. Aqui em Cabo Frio, estão assassinando árvores, colocando veneno em seus pés. Quando era criança, via um mulher agoar a planta que tinha na calçada com água quente. Todos os dias. Um dia eu perguntei e ela disse que estava matando a planta, porque a prefeitura não tinha lhe dado autorização para arrancar. Eu insisti, mais uma vez, no porquê. E ela disse: "Essa planta faz muita sujeira"
O mundo está cheio de gente suja!
Parabéns para Sílvia, que não esmoreceu! Beijus

Luciana Håland disse...

Fiquei chocada com a violência da colisäo, matar tanta árvore assim de uma vez só, o imbecil devia está numa velocidade enorme mesmo, agora fica a questão: vai o criminoso perder a carteira de motorista, pagar uma multa, ressarcir o dano que causou derrubando com o carro essas árvores, ou vai dar tudo em pizza?
Espero que se faca justica.
Beijo meninas

Ivana disse...

Meus amores, que blog mais bacana! Bela missão a de vocês! Já estou "morando" aqui!
Beijos!

aminhapele disse...

Gostei de passar por aqui.
Pelo menos,aquele "ficus" que alguém não quis na sala,serviu para que um imbecil não se matasse!
Gosto dos verdes.Mas acho que há "misturas" impróprias.Por exemplo:que têm contra pastos e florestas?!
Ao nível do ambiente completam-se.
Isso nada tem a ver com carnes vermelhas.
São questões de comércio,de negócio e não de ambiente.
Nas árvores,mesmo nas que temos nas nossas cidades,por vezes há que as substituir por outras espécies.Quando foram plantadas,há cerca de 100 anos,desconhecia-se que as raízes iriam destruir as estradas e passeios e entrar pelas casas de cada um.
Quando há essa substituição não podemos falar de um assassinato.
Esta,a minha opinião.

Isabel disse...

O que eu vou realçar é a atitude bonita desses moradores de plantarem árvores nas ruas. Espero que eles não desistam e voltem a plantar.
Acho que cada cidadão tem um papel em mudar aquilo que acha que não está certo. Eu cada vez mais acredito nisso e espero tornar-me uma cidadã mais participativa da minha cidade e do meu país.
Bjs

Sonia H. disse...

Poxa vida. Que pena da árvore. Será que essa pessoa agora está agradecendo a árvore por ter lhe protegido da morte?
Você disse muito bem, Beth. Senti como se fosse a minha árvore plantada com tanto carinho e amor. No quintal de minha mãe, havia uma mangueira linda e que dava frutos deliciosos. Ela foi plantada por meu pai. Acompanhou nossa adolescência, vida adulta, os filhos chegaram, enfim, já fazia parte da nossa vida. Um dia triste, um raio a pegou em cheio. Em questão de meses, ela foi murchando, até morrer de vez. Eu senti aquilo de tal forma, fiquei triste demais. É uma sensação ruim mesmo, então compreendo a tristeza da Silvia. Irei lá conhecer o blog dela.
Beijos,

Claudia Silva disse...

Os enfoques são diferentes, mas nossos blogs tem temos em comum o amor pela natureza. Venha me visistar! E parabéns pelo seu blog, está uma delícia! Abraços, Claudia

Rubinho Osório disse...

Georgia, obrigado pela dica! Fica difícil seguir tantos blogues bons, vou tentar seguir este pois o tema me é caro. Bj!

Mariana M. Thomé disse...

Fico tão feliz qdo percebo que não estou sozinha nesse mundo e muitas outras pessoas como eu sentem, e sentem muito, quando uma árvore é assim tristemente assassinada, sem nenhum motivo que justifique tamanha ignorãncia. Adorei o blog. Parabéns!

Mariana M. Thomé
www.evolucaosustentavel.blogspot.com

Gislene disse...

OLÁ!

O QUE MAIS POSSO FALAR DESTE BLOG... É SIMPLISMENTE MARAVILHOSO!!!
NATUREZA É VIDA!
NATUREZA É AMOR!
NATUREZA É RESPEITO!
DESDE JÁ, FAÇO PARTE DESTE CANTINHO ESPECIAL...
ME FAÇAM UMA VISITINHA ASSIM QUE PUDEREM, E, ESPERO QUE GOSTEM DO MEU MUNDINHO! SOU UMA APAIXONADA PELA VIDA! PELA NATUREZA! PELAS FLORES! PELO OTIMISMO! SOU UNIVERSALISTA!
AH! SE ME PERMITIREM, LEVAREI ESTA BELA FRASE DE TOM JOBIM PARA COLOCAR NO BLOG, ACHEI LINDA, LINDA E NÃO A CONHECIA.

POR ENQUANTO É SÓ.
VOLTAREI MAIS VEZES PARA VISITAR ESTE CANTINHO!

PAZ E ATÉ MAIS.
GISLENE.